50 sombras de Grey

É desta que vou afastar os poucos leitores deste blog. 😛

Então parece que estreia 6ªf o filme baseado no livro “50 sombras de Grey” e parece também que virou crime dizer que se leu o livro ou que se quer ver o filme. Possivelmente não será assim para toda a gente, nem em todos os meios, mas a mim (que li o livro e, embora saiba que está longe de ser uma obra prima, pretendo ver o filme) faz-me alguma confusão ouvir tantos comentários (e na verdade tanto interesse) sobre quão mau é o livro, quantas falhas tem, como a escritora é péssima, como o enredo é parvo e humilhante para o sexo feminino e bla, bla, bla.

Embora alguns dos comentários que tenho lido por aí até não estejam muito longe da verdade (alguns com bastante sentido de humor até) e outros estejam bem longe da realidade por virem de pessoas que nem leram o livro (como comentar se nunca se leu!?!), faz-me alguma confusão que se fale tanto e tão mal sobre este livro/filme. Eu teria muito mais a dizer sobre, por exemplo, essas obras primas que são os livros da Margarida Rebelo Pinto ou do Nicholas Sparks (vá, não me batam!), que vendem muito e que toda a gente lê sem qualquer pudor.

Em relação às “50 sombras de Grey” eu tenho uma teoria sobre o facto do livro ser tão “básico” ou “inocente” como algumas pessoas criticam: ele é completamente inspirado nas histórias da Cinderela ou da Branca de Neve. Esqueçam lá a parte sexual do livro e pensem apenas na história: menina inocente e de classe média que se apaixona por menino rico e famoso. Casam e vivem felizes para sempre!

Poderia a escrita ser mais bonita, poderiam os temas ser mais aprofundados, poderiam haver menos incorrecções ao longo da história, poderiam as idades dos personagens ser mais realistas, mas não passa de uma adaptação de um conto de fadas para os nossos dias.

Sim, é uma Cinderela que leva tau-tau, mas não deixa de ser uma Cinderela.

enhanced-buzz-16313-1355338990-3

E só por causa das coisas, deixo aqui uma notícia que mostra a loucura que esta história tem gerado: Loja de bricolage obriga funcionários a lerem as 50 sombras de Grey

Advertisements

7 thoughts on “50 sombras de Grey

  1. craftiemum

    Eu cá não posso falar porque ainda não li o livro, o filme estreou cá na quarta mas também não fui ver. Já li o resumo, mas sinceramente não me chamou muito a atenção. Mas com tanta polemica qualquer dia leio só para ter uma opinião!

    Gostar

    Responder
  2. C. N. Gil

    Por acaso, caso não saibas, este livro não é uma cinderela, é antes uma versão menos sangrenta da saga Crepusculo (excelente escritora, a Stephanie Meyer, cuja minha unica critica foi meter-se num terreno demasiado pantanoso desde que a Anne Rice fez tudo o que tinha a fazer com vampiros e outra bichesa igual).
    Este livro começou num blog como Fan-fic da saga e, se vires bem, a história é uma colagem.
    Só para esclarecer…

    🙂

    Liked by 1 person

    Responder
  3. Pingback: Não resisto… | Life's Textures

Comentar aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s