Be my guest… Carina

Como já sabem, tenho andado a entrevistar pessoas e a dar-vos a conhecer blogs penso que vale mesmo a pena conhecerem. Hoje é dia de convidar a Carina, do blog Contador D’Estórias a passar por cá e a responder às perguntas do costume.

A Carina é uma blogger multifacetada, dedicada às artes da escrita e da música, e que mantém um blog muito sincero e bonito. Como se isso não fosse suficiente para vos convencer a visitar o blog, ainda é simpática, acessível e atenciosa. Respondeu ao meu e-mail quase no mesmo dia em que enviei, responde sempre aos comentários que lhe deixo (este tema ainda irá dar um post…) e mostrou-se logo disponível para participar nesta rubrica e responder às minhas perguntas muito pertinentes (nada de dizer que não são!).

Aqui fica então a Carina para a conhecerem melhor:

– Para te conhecermos melhor, conta-nos como é ser “tu” por um dia?

Ser eu por um dia… Os meus dias são, geralmente, diferentes. Mas, como acho que me defino mais pelas minhas horas livres do que pelo meu emprego, assim que o dia de trabalho acaba podem encontrar-me a fazer variadas coisas: a ler, a ouvir música – Fado, mais precisamente – ou a entreter-me com alguns dos meus hobbys, como tocar guitarra, escrever, preparar cartas para os meus “amigos de caneta”, ou até a fazer laços para o cabelo (tenho aqui uns quantos em cima da secretária, de momento, por acabar)!

– O que te leva a manter um blog?

Este blog começou porque eu tinha saudades da minha língua. Durante muito tempo escrevi em Inglês mas, a certa altura, senti que o Português me fazia falta. Não é que o seja capaz de esquecer, mas já havia palavras que, não sendo usadas tão regularmente e vivendo num país onde nunca as vejo, me queriam “fugir”. Além do mais, o Português é uma língua fabulosa e é em Português que sei escrever melhor. Isso é ainda o que me leva a manter o blog, e claro que a motivação de ter seguidores ajuda a fazer-me actualizá-lo regularmente. E, de certa maneira, acho que um blog pode manter-nos mais perto de nós mesmos. Ainda no outro dia descobri uma série de cadernos que me fizeram recuar no tempo e, como criei com eles uma rubrica de Domingo, – Nas Linhas Em Que Me Escrevo – acabo por me recordar de coisas que já me tinha esquecido.

E, sinceramente, os blogs que eu sigo são outro motivo para cá me manter.

– Se a tua vida dava um filme, qual seria o seu título?

O título para o filme da minha vida? “Não era o que eu estava à espera, mas um dia chego lá.” Gosto de títulos grandes, não ia dar um nome pequeno ao filme da minha vida! 😀

– Como aquilo que damos aos outros diz muito sobre nós, qual foi a melhor prenda que ofereceste a alguém?

Acho que as melhores prendas são sempre emocionais. É claro que eu adorei receber aquela colecção do Harry Potter que foi caríssima, e acabo por dar sempre prendas mais caras a quem mais gosto mas, se tivesse de escolher a melhor prenda que dei a alguém, talvez tenha sido um poema que escrevi para a minha mãe, imprimi sobre uma foto nossa, e emoldurei, para lhe oferecer no dia da mãe há uns anos. Essa e os bilhetes para o concerto do António Zambujo para o dia do Pai, acho que o meu pai delirou (eu, pelo menos, delirei mesmo sem ter ido).

– Se tivesses de indicar um “woman crush” por quem seria?

Só um? Acho a Kristen Stewart muito gira, a Emma Watson também, a Kat Dennings que é assim poderosa… e a Ana Moura, a Ana Moura é qualquer coisa. Mas, em termos de personalidade, tenho uma “crush” pela Gisela João só pelos vídeos do facebook e pela simpatia e simplicidade que mostrou no concerto que deu cá na Bélgica. A rapariga é a alegria em pessoa. Amei!

– E para terminar qual foi a última vez que fizeste algo pela primeira vez (excluindo a resposta a este questionário, pois claro)?

Pela primeira vez, há poucas semanas, decidi que vou viajar sozinha para uma cidade a 150km de onde vivo, e que lá vou pernoitar, para poder ver o concerto do Marco Rodrigues. Nunca viajei sozinha, mas como não sei se alguém poderá ir comigo, e este concerto eu não quero mesmo perder, mandei o medo ir dar uma curva e já marquei o hostel para lá ficar.

Advertisements

3 thoughts on “Be my guest… Carina

Comentar aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s