Lançaram-me um desafio

E eu aceitei. O Paulo deixou algumas perguntas e eu aceitei responder. O resto do desafio (fazer perguntas e nomear alguém) deixo em aberto. Quem quiser pode responder às perguntas do Paulo e levar o desafio para o seu blog que nós vamos lá ler. 🙂

Então vamos lá às respostas:

01 – Registe três vantagens em ter um blogue.

Conhecer pessoas interessantes, “ler pessoas” muito interessantes, poder escrever sobre quase tudo.

02 – Qual foi o principal constrangimento com o qual se deparou, no seu espaço na blogosfera (blogue), até hoje?

Não sei bem se era esta a resposta esperada, mas vou falar de um verdadeiro constrangimento que sinto e que um dia destes ainda vai virar post: não posso escrever sobre tudo o que gostaria porque penso sempre nas pessoas que me conhecem e que lêem ou podem vir a ler e ficar melindradas com o que poderão encontrar por aqui. Um dia explico melhor isto…

03 – Caso utilize um nickname, indique duas razões que o levaram a optar pelo seu uso ao invés do nome próprio. Se porventura utiliza, no seu blogue, o seu nome próprio, já sentiu que o nickname devia ter sido a sua opção?

Não utilizo bem um nickname, mas assino apenas com a minha inicial. Posso apontar duas razões em uma: acho engraçado que neste espaço virtual possamos ter um nome diferente do quotidiano e ajuda a “encarnar” o papel de “autora de blog”.

04 – Registe dois motivos para que o público não goste do meu blogue.

Não estou a ver nenhum… 😛

05 – Quais são as condições necessárias para manter a união/ interação entre bloguistas?

Ler o que os outros escrevem, não fazer de conta que se lê apenas, e comentar coisas interessantes. Eu adoro receber comentários interessantes!

06 – Durante anos, os Portugueses sentiram vergonha da sua música e dos seus intérpretes. (…) Contudo, atualmente, ainda se verifica alguma instabilidade quando à música ligeira portuguesa e aos seus interpretes, quase todos considerados “pimba“. Qual é a sua opinião acerca desta vertente musical? (Algumas perguntas eram tão grandes que eu tomei a liberdade de abreviar. Pode ser Paulo?)

Gosto muito de música portuguesa. Acho que até gosto mais do que de musica estrangeira. Fala-me mais ao coração. eheh No entanto, não sou fã de música “pimba”. Vivia bem sem os Quim Barreiros deste mundo.

07 – As guerras continuam a evidenciar o cinismo e a intolerância do Homem. Mulheres e crianças de colo são abatidas. Outras, morrem na procura da outra margem: a da esperança. O inferno e/ou o demónio existem? Fundamente a sua opinião.

Parece-me que para se acreditar em inferno tem de se acreditar em céu e eu não sou crente, nem num, nem no outro. Pelo menos não no modelo cristão de céu, inferno e pecados. Portanto, acho que o que existem são pessoas más e incapazes de actos de compaixão.

08 – No sucesso Pimba Pimba do Emanuel, em seu entender, o que é que o cantor e escritor da música quis dizer com “nós pimba“?

O Emanuel é um romântico. Acho que podemos sempre traduzir o pimba por “damos”. Elas querem amor e beijinhos e nós damos. Não é isso?!

09 – Para alguns, há azares que ocorrem na praia (e não só!). Ouça-se a música de Nel Monteiro, Azar na Praia, que para meu azar (?) foi a 1.ª que aprendi a tocar, por ouvido, em acordeão, quando mais do que odiava música popular. Vamos lá? Apresente uma proposta para este casal.

Eu acho que o casal se devia ter prevenido e levar uma muda de roupa a mais.

10 – Dado ter-te nomeado para este desafio é porque Penso em Ti. Revele-nos um grande amor já terminado ou não, intemporal, com muito pimba, de imenso afeto ou de aquilo que quiser. Desta ou de outra dimensão, claro.

Um dos meus grandes amores é e sempre será a minha filhota. 😛 Serve?!

As perguntas do Paulo não eram nada fáceis, mas já está. O que acharam? Arriscam-se a responder?

Anúncios

13 thoughts on “Lançaram-me um desafio

  1. Paulo Vasco

    Adorei!
    Concordo com a tua resposta à n.º 2. Creio entender as entrelinhas pois tenho-me deparado com essa realidade. Quando o acesso à internet era bem mais reduzido, o quanto lavava a alma!
    A simplicidade e a riqueza da resposta à pergunta 7 merecem o meu destaque. Então a forma como terminaste,… wow.
    Nunca tinha pensado nesse sentido de “pimba”. “Ora toma lá Paulo, que é para aprenderes”. Muito bem.
    Relativamente à 10, claro que serve. Vocês, mulheres têm essa capacidade invejável de gerar um novo ser.
    Hi5 😉

    Liked by 1 person

    Responder
  2. Claudia Dias

    Perguntas estranhas e respostas engraçadas!

    Adorei isto: “Ler o que os outros escrevem, não fazer de conta que se lê apenas, e comentar coisas interessantes. Eu adoro receber comentários interessantes!” – isto é tão verdade, irrita-me tanto que pessoas vão aos nossos blogs só para publicitar os seus. Obviamente que queremos dar o nosso blog a conhecer, mas acompanhar blogs só para isso é desprezível. Aliás a mim até me faz confusão ter blogs na lista que n gosto de ler… lol

    E identifico-me TANTO com isto: “não posso escrever sobre tudo o que gostaria porque penso sempre nas pessoas que me conhecem e que lêem ou podem vir a ler e ficar melindradas com o que poderão encontrar por aqui. ” – infelizmente este é o lado mau do mundo virtual… queremos que conheçam o nosso blog e queremos ser transparentes nele, mas nem sempre podemos porque sabemos quem nos lê. É terrível. Esse tipo de desabafos deixo-os para o facebook, onde dá para ocultar a essas pessoas! eheheh

    beijinho

    Liked by 1 person

    Responder
    1. T. Post author

      Obrigada Cláudia. Acho que no início dos blogs havia menos leitores, mas podíamos falar abertamente. Agora é mais complicado… Um dia destes escrevo um post sobre isso. 😉
      Beijinho

      Gostar

      Responder
  3. Pingback: Quem vai ler isto?! | Life's Textures

Comentar aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s