Category Archives: Boteco

Boteco em imagens-4

Esta foi a foto escolhida este mês pela Carina e inicialmente deixou-me um pouco sem palavras. 

Embora seja uma foto bonita e com muita luz,  deixou-me a pensar na solidão. Provavelmente porque temos uma árvore sozinha, junto a um banco vazio. 

Falar sobre a solidão não é fácil. É um sentimento que, para mim, tem duas facetas :

1° A vida é melhor, mais bonita, mais doce quando é dividida;

2° Estar só também me parece fundamental para a minha sanidade mental. Que me desculpem os mais sociáveis,  mas eu gosto de estar só. Vá, por pouco tempo, mas faz-me mesmo falta. 

Vejam os outros textos do Boteco também sobre esta imagem. 

Boa semana! 

Anúncios

No Boteco em imagens – 3

Portugal tem lugares lindíssimos, que não me canso de visitar. A maioria têm uma história e uma mística qualquer que os torna em lugares mesmo muito especiais. 

Esta cruz desenhada no jardim lembra-nos os templários e todas as lendas associadas a esta ordem religiosa, mas lembra-nos também a lindíssima região de Braga onde esta foto foi tirada. 

Adoro visitar Braga.  As ruas contam histórias, os monumentos religiosos são dos mais bonitos do nosso país, a comida é  muito boa (claro, eu não podia deixar passar em branco este sector tão importante) e quando subimos até ao Bom Jesus de Braga somos invadidos por uma tranquilidade muito especial e podemos apreciar a vista lindíssima lá de cima.

Ou se calhar sou só eu que sinto isto tudo quando lá vou… E  nem sequer sou católica. Imagino que para esses este local seja ainda mais mágico. 

Não deixem de visitar Braga sempre que poderem e vão ler os outros textos deste mês do Boteco. 😉 

Boteco por Lisboa

Este mês, em vez de andar apenas a pensar no natal e nas guloseimas, tivemos mais um desafio no Boteco: escrever inspiradas por uma foto e desta vez calhou uma bonita foto de Lisboa.

15380630_10208021712206533_3853249796903398681_n

Inicialmente pensei em falar sobre o miradouro ou sobre a estátua ou sobre as pessoas que parecem estar a aproveitar cada milímetro de espaço ao sol, no meio destes dias cinzentos de inverno, mas na verdade esta foto faz-me lembrar dos magníficos recantos de Lisboa e da sorte que tenho por morar perto de Lisboa e poder passear por estas ruas e miradouros (quase) como turista.

Lisboa é uma cidade linda e que me encanta sempre, em todas as épocas do ano. Tem uma magia especial, tem recantos escondidos só ao alcance de alguns, tem vida de cidade e vida de bairro no mesmo espaço, os miradouros sobre o rio e a cidade são de perder o fôlego e tem locais que não me canso de visitar uma e outra vez e histórias e tradições que me deliciam. É uma das minhas cidades do coração!

Na foto podem ver também, lá ao fundo, a ponte para a outra margem. A outra margem onde eu moro, a outra margem que também me diz muito e que também vive de uma forma muito especial no meu coração, mas isso ficará para outro post…

o escolhido

Mais textos nos outros blogs participantes

Boteco em imagens

O desafio do Boteco este mês foi escrever sobre a seguinte foto:

A primeira coisa de que me lembro quando olho para a imagem é o simbolo de união que aqueles dois seres na água representam, mas também não consigo ficar indiferente ao ambiente envolvente. Parece que neste instante, em que a imagem foi capturada, todos os elementos estavam no seu melhor (mérito da fotógrafa de certeza 😉 ).

É sem dúvida uma imagem inspiradora. Recorda-me que todos os instantes são importantes e que vale a pena recordar e guardar para sempre instantes como este, em que tudo parece perfeito.

Muitas vezes passamos pelos dias a correr, embrenhados nos nossos pensamentos e problemas, muitas vezes pouco importantes, sem observar o que nos rodeia, e desperdiçamos momentos como este.

Recomeços

5349d50fbadec6e16739dfc43ce5d574

O Boteco está de volta e desta vez temos andado a reflectir sobre os recomeços.

Depois das férias e com o início do outono parece que toda a gente começa a fazer novos planos e a voltar à vida rotineira.

Embora por aqui tenham ocorrido muitas mudanças, com o nascimento do novo membro da família, também é época de recomeços. Altura de querer organizar o dia-a-dia de forma a ser benéfico para todos, altura de começar a planear o regresso à escola da L. (já começou há umas semanas, mas ainda têm andado num regime descontraído de final de férias), o meu regresso ao trabalho, a entrada do A. no infantário daqui por uns tempos, altura de voltar a pensar numa dieta alimentar mais correcta e talvez seja altura de arranjar tempo para o ginásio novamente…

Não sou fã dos meses frios do ano, mas adoro este espírito de recomeço dos meses de Setembro e Outubro. Deixa-me sempre com vontade de fazer mais e melhor e de investir numa melhor versão de mim.

Assim, que seja um bom recomeço para todos nós. Vamos lá meter mão ao trabalho! 😉

Conhece-te a ti mesmo – #Boteco

Este mês tivemos um desafio mais introspectivo no Boteco. Uma espécie de conhece-te a ti mesmo Socrático, em que nos propusemos a responder a três questões centrais, inspiradas pelo video de Vishen Lakhiani:

1. What do I want to experience?
2. How do I want to grow?
3. What do I want to contribute to the planet?

Acho que as respostas a tudo isto são muito pessoais e provavelmente vão mudando muitas vezes ao longo das nossas vidas.

Se tivesse de dizer o que quero experienciar, o que ainda quero viver, tinha uma lista infindável de coisas para dizer. Quero viver muito e aproveitar todas as oportunidades que a vida me der. Não gosto nada da expressão “só se vive uma vez”, mas é um bocadinho por aí: a vida é curta de mais para não se procurar viver intensamente e arriscar (de um modo mais ou menos calculado).

Espero continuar a crescer muito (vá, em centímetros isto já não dá muito mais, mas sinto-me sempre em crescimento interior) e a melhorar quem sou, tocando as vidas dos que me rodeiam da melhor forma possível (e olhem que como professora eu sou capaz de tocar muitas vidas mesmo) e que aquilo em que me vou tornar no final da minha vida seja fruto de muita coisa boa que tenha feito e vivido ao longo dos anos.

o escolhido

Isto de ser português – #Boteco

Lá pelo Boteco só se fala na quantidade de prémios, medalhas e condecorações que os desportistas portugueses têm conseguido alcançar. Afinal parece que não somos assim tão “pequeninos” e desconhecidos e até somos campeões em muitas áreas (vá, não podemos ser campeões só nas coisas más. :P).

A selecção portuguesa de futebol deu uma alegria aos portugueses, ao sagrar-se campeã europeia, e voltámos a ver que existem portugueses espalhados pelo mundo inteiro a torcer por Portugal e a terem orgulho em serem portugueses, assim como também existem muitos estrangeiros que guardam um carinho especial pelo nosso povo e pelo nosso país.

Parece que isto de ser português é muito mais do que ser um paraíso para os turistas, um rectângulo no finalzinho da europa (ou será no início?!), sem muito para oferecer. Diz que somos grandes, pelo menos em algumas coisas, e que somos reconhecidos no mundo inteiro como tal.

Sejamos então orgulhosos do nosso país e da nossa história e continuemos a mostrar ao mundo que somos um país que dá (e sempre deu) muito ao mundo, desde a ciência às artes, passando pelo desporto também.

Boa segunda-feira  boa semana para todos!

o escolhido