Olá Primavera 

Estes dias de sol e algum calor, que já sabem a Primavera, deixam-me sempre mais alegre e de bem com a vida. Até já estou a planear coisas giras para fazer com a família no fdsemana. 

Ontem foi dia da mulher e os piolhos cá de casa trouxeram trabalhos feitos na escola e inspirados aqui na mãe. O tipo de trabalho é o mesmo mas a idade das crianças é bem diferente. 

Em qual fiquei mais favorecida?

Vamos lá sorrir e aproveitar o dia. Amanhã já é sexta! 

Bobo da corte

Aproveitámos a pausa do Carnaval (ou devo dizer, as curtas horas em que os meus alunos se ausentaram da escola?!?) para ir experimentar os petiscos da Taverna Bobo da Corte, em Palmela e adorámos.

Os miúdos estavam na escola, o meu marido tinha uma hora de almoço maior e eu também… Lá fomos sair, almoçar fora e aproveitar para namorar um bocadinho.

O restaurante é muito giro, a vista do Castelo de Palmela é sempre linda e o comer vale muito a pena. Comemos demais, comemos um bocadinho de quase tudo e só pensávamos que nos próximos dias o melhor era não comer nada, mas pronto. Vale muito a pena!

 

Batata doce

Já há algum tempo que não falava aqui sobre as nossas refeições em família e desta vez não deixo bem uma receita, mas uma sugestão: empadão de peixe com puré de batata doce.

Não somos muito fãs de batata doce, mas temos andado a explorar receitas diferentes com batata doce, para ver se descobrimos a forma ideal de a incluir na nossa alimentação. Vi a receita de empadão com batata doce, resolvi experimentar e gostei bastante do resultado. O truque, para mim, é temperar bem o puré de batata para cortar o doce.

Aqui ficam as fotos da preparação do dito cujo:

img_20170227_1914061

O puré feito com batata e leite morno, bem temperado

img_20170227_1920291

A base de peixe e molho de tomate

img_20170227_1924041

E depois as camadinhas do empadão pronto para ir ao forno

Aceitam a sugestão? E outras sugestões para comer batata doce?

Bookcrossing

Como já falei por aqui, sou fã do projecto de Bookcrossing e foi-me muito útil quando andei a destralhar a casa e fiquei com imensos livros para dar. 

De vez em quando tenho de dar mais uma volta aos livros, porque vou ficando sempre com alguns que não quero guardar e acabo por ter sempre livros para dar. 

Desta vez reuni os livros que andavam por cá e propus a uma colectividade local a criação de um ponto oficial de Bookcrossing. 

A ideia foi bem aceite e já está a dar frutos. 

O que acham deste tipo de iniciativas? Já pensaram aderir ao Bookcrossing?

Boteco em imagens-4

Esta foi a foto escolhida este mês pela Carina e inicialmente deixou-me um pouco sem palavras. 

Embora seja uma foto bonita e com muita luz,  deixou-me a pensar na solidão. Provavelmente porque temos uma árvore sozinha, junto a um banco vazio. 

Falar sobre a solidão não é fácil. É um sentimento que, para mim, tem duas facetas :

1° A vida é melhor, mais bonita, mais doce quando é dividida;

2° Estar só também me parece fundamental para a minha sanidade mental. Que me desculpem os mais sociáveis,  mas eu gosto de estar só. Vá, por pouco tempo, mas faz-me mesmo falta. 

Vejam os outros textos do Boteco também sobre esta imagem. 

Boa semana!