Papa de Kiwi e Banana

O A. fez um ano e neste momento já pode comer de tudo (desde que saudável, claro). É aquela fase em que quero que ele experimente um mundo de coisas novas e que me perco em receitas novas para tornar tudo mais apetitoso para o moço.

Por opção não lhe dou alguns alimentos (e com autorização da nossa pediatra também) e vou dando outros que não são tão “normais”. A lista de papas, sopas, purés, pedacinhos crus ou cozidos é imensa nesta nova fase e é uma descoberta para mim e para ele.

Nos últimos dias já experimentou o pêssego, o tomate, o grão, as ervilhas, os iogurtes naturais de leite de vaca e o leite de arroz. Como podem ver, são coisas que muitos miúdos mais novos já comem, mas que por aqui a pediatra só aconselhou a introduzir agora.

Hoje tentei introduzir na alimentação do A. o Kiwi. Como é uma fruta um pouco ácida, resolvi procurar papas diferentes para oferecer esta fruta ao pequenito e habituá-lo ao novo sabor. A minha ideia era manter o sabor do kiwi, para perceber se ele gosta ou não, mas adoçar a papa de alguma forma. Depois de alguma pesquisa este foi o resultado:

Papa de Kiwi e Banana:

Uma banana pequena

1 Kiwi

Preparação: cortar a banana e o kiwi aos pedaços pequenos e bater tudo junto até ficar com a consistência de uma papa.

O A. comeu tudo e acho que ficou bastante doce só com a banana pequena, mas eu achei muito ácido na mesma (se calhar porque não gosto nada de Kiwi).

Ficou com uma consistência um pouco mais líquida que as papas que costumo fazer, mas ele comeu muito bem. 🙂 Dei metade simples e metade com iogurte.

Com iogurte

Sem iogurte

 

Tempo de praia

Tendo em conta os dias esquisitos da semana passada ninguém diria, mas já é tempo de praia. Aqui ainda não chegaram as férias, mas a L. já está a fazer praia com a escola.

A miúda adora e nós também gostamos muito de lhe poder proporcionar estes diazinhos de praia e descanso com os amigos. No entanto, a logística disto tudo dá comigo em doida:

Ela é roupa com o logótipo do colégio para levar para a praia, fato de banho, toalha de praia, chapéu, protector, água, roupa para vestir depois da praia, mais toalha para o banho, mais a tralha toda para tomar banho. No final do dia vem tudo sujo e lá temos de meter tudo para lavar e preparar novamente a tralha toda para levar no dia seguinte. Temos de ter roupas, toalhas e afins em duplicado (pelo menos) para conseguir lavar e secar as coisas com tempo.

Já para não falar que temos de acordar todos de madrugada, para a rapariga conseguir chegar a horas e ainda temos de despachar o pequenito, que tem um ritmo e um horário diferente e ainda não está na fase de fazer praia.

Enfim! Espero que deixe excelentes recordações, até porque o infantário está a chegar ao fim e a escola “a sério” aproxima-se, mas dá uma trabalheira gerir isto tudo e conciliar com os nossos horários de trabalho e rotinas habituais.

E assim começo uma nova semana de trabalho já cansada…

4443f0491e9184048cbe9ba74aace76c
Imagem roubada ao Pinterest

Primeiro ano de vida

Parece que foi ontem, mas o nosso mai piqueno já fez um ano. Comemorou este fim-de-semana o seu primeiro aniversário e portou-se muito bem.

Optámos por fazer um almoço só com a família mais próxima e alguns amigos. Comprámos o bolinho e as decorações todas para o pequenito, fiz um álbum com algumas fotos desde que ele nasceu até ao mês do seu aniversário e levei para o almoço para partilhar com todos e guardei algumas mensagens de parabéns e felicidade que os convidados deixaram para o A.

Um ano passou a correr e já começo a ver o meu bebé a “desaparecer”… Já começa a querer dizer algumas palavras e a querer correr tudo. Está mais teimoso e com a mania que já sabe o que quer. Cada vez usa menos o biberão e qualquer dia deixa as fraldas…

Ai, coração de mãe! 😛

A emoção dos finais

Final do ano lectivo à porta. Yeah!

Tenho para mim que todos os anos escrevo um texto sobre isto, mas é mesmo uma época do ano especial para mim.

Na verdade o ano ainda não acabou, na escola onde estou ainda temos mais um mês de aula. No entanto, já temos aquele gostinho a verão e a final.

As avaliações estão quase todas feitas, os meninos já estão a pensar nas férias e na praia, os mais velhos terminam agora uma etapa importante das suas vidas: a conclusão do secundário. Pode não parecer para quem vê isto de fora, mas acompanhar os mesmos alunos durante três anos, passar mais tempo com eles do que com os meus próprios filhos, vê-los crescer, mudar, aprender ferramentas importantes para o seu futuro, vê-los alcançar os objectivos a que se propõem e saber que para o ano já não estarão cá, é emocionante (ah, e saber que não vou voltar a ter aulas com aqueles que me fazem a cabeça em água também é muito emocionante).

83f3e7587cfc21cc6e3c3c96c87bb1de

E eu já vejo alguns dias de descanso ao fundo do túnel e o sol, aquele porque anseio o ano todo, já anda por aí.

Nesta fase final os trabalhos e testes multiplicam-se, o stress é  maior, as aulas são mais confusas, as reuniões chovem, mas tudo se faz.

É uma espécie de ano novo em Junho.

A vida

Estive alguns dias desaparecida da blogosfera (como dizia alguém : aconteceu a vida!) e hoje vim colocar a minha leitura de blogs em dia e reparo que aconteceu tanta coisa: dietas novas, receitas que quero experimentar, blogs a serem reformulados, livros novos que foram lidos e comentados, baleias azuis e rosa,  bebés de blogs que costumo seguir que já parecem enormes, mamãs grávidas novamente, férias em destinos de fazer inveja… 

Calma gente! Assim não vos acompanho!

Por aqui continuamos a viver calmamente e a tentar aproveitar a vida: o trabalho multiplicou-se, o filho mais novo começou a querer gatinhar (qualquer coisa entre gatinhar e arrastar o rabo), a filha mais velha e a mãe deram um valente corte no cabelo enquanto esperam que o verão chegue, a família toda tem sofrido com a chegada de novos dentes ao membro mais novo da família, temos ocupado bastante os fins de semana entre limpezas de Primavera e passeios com a família e os amigos… 

Enfim, a vida vai acontecendo e eu vou partilhando convosco os momentos que me dão vontade de falar e recordar. 🙂 

Bom final de semana!